Dicas  Drywall


Limpeza de paredes drywall é simples?

A limpeza de manchas em paredes drywall pode ser feita com os mesmos produtos utilizados para esse fim em paredes de alvenaria: basta borrifá-los no local sujo e passar um pano úmido em seguida. As paredes não devem ser lavadas. Jatos de água, eventualmente utilizados em paredes de alvenaria, podem causar danos a paredes drywall. Da mesma forma, não se deve utilizar equipamento de limpeza à base de jato de vapor.

O que fazer com problemas de encanamento?

O reparo de encanamentos embutidos em paredes drywall é simples, rápido e com pouca sujeira. Um profissional especializado realizará esse conserto em apenas um dia e a recomposição do acabamento levará mais dois dias em média.
Veja como é o procedimento nesse caso:
1) localizado o vazamento, o profissional retira os azulejos da área afetada e faz uma pequena abertura na parede com um serrote de ponta;
2) o encanamento é consertado;
3) a abertura é fechada com o mesmo pedaço de chapa recortado ou com um retalho de chapa nova;
4) as juntas são recobertas com massa especial para esse fim;
5) depois de seca, a área pode receber diretamente a aplicação de massa para fixação de azulejos;
6) são colocados os azulejos e preenchidos os rejuntes.

Pronto! 

Como faço para fixar um quadro?

A fixação de objetos em paredes drywall é simples, porém a forma de fixação é diferente da bem conhecida para paredes de tijolos ou blocos. Em drywall, use sempre buchas específicas para esse sistema (também conhecidas como buchas para ocos) e parafusos apropriados. Buchas para alvenaria não servem para drywall.
A fixação de um objeto leve como um quadro (o mesmo vale para espelhos, cartazes, quadros de avisos e outros objetos similares com até 5 kg) exige apenas uma bucha e um parafuso. Para quadros mais pesados, divida a carga em dois pontos, separados entre si por aproximadamente 40 cm.

Pintura em drywall exige cuidados diferenciados

A pintura de sistemas drywall deve ser sempre precedida da aplicação de um fundo preparador, pois a superfície de uma parede, um revestimento ou um forro com essa tecnologia, após o tratamento das juntas e dos pontos de aplicação dos parafusos, terá nas áreas tratadas baixa absorção, enquanto o restante da superfície apresentará absorção mais elevada.
Desse modo, o fundo visa a igualar o grau de absorção da tinta, possibilitando que, desde que utilizados produtos de primeira linha, duas demãos sejam suficientes para assegurar uma boa cobertura. Na hipótese de não se utilizar um fundo, a primeira demão de tinta desempenhará esse papel, o que acabará encarecendo o acabamento.
Para dar todos os esclarecimentos necessários sobre pintura e repintura de superfícies em drywall, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Chapas para Drywall está estudando o desenvolvimento, em parceria com a Abrafati -Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas, de um manual específico para esse fim, cuja publicação deve ocorrer ainda em 2009.

rywall é superior até no controle de insetos e fungos

O comportamento dos sistemas drywall, da maneira como são executados no Brasil, é superior em muitos aspectos ao das demais soluções construtivas para vedações internas como paredes, forros e revestimentos. Entre as vantagens que oferecem estão peso reduzido, elevado desempenho acústico, maior qualidade de acabamento, ausência de fissuras, flexibilidade de projeto, facilidade de reformas e ainda um quesito pouco lembrado: o controle da proliferação de insetos e fungos em seu interior.

Embora insetos possam alojar-se e constituir colônias no interior de quaisquer sistemas construtivos e instalações das mais variadas naturezas, o drywall impõe algumas barreiras a esse fenômeno. Por se tratar de um sistema baseado na montagem de componentes industrializados, sua construção, além de seca, é normalmente muito limpa. Além disso, os elementos que o compõem não são atrativos aos insetos: as superfícies das chapas para drywall, segundo testes realizados pelo IPT, em São Paulo, não são atacadas por cupins; as estruturas, por sua vez, são compostas por perfis de aço galvanizado; e, para completar, o isolamento térmico e acústico dos sistemas, quando necessário, é executado com lã mineral ou de vidro, outro material inerte que não serve como alimento a insetos ou fungos. Sendo assim, o “ambiente” interno dos sistemas drywall é hostil ao desenvolvimento de qualquer forma de vida.

Apesar desses atributos superiores, a Comissão Técnica da Associação Brasileira dos Fabricantes de Chapas para Drywall recomenda que os serviços de instalação e reforma que utilizem essa tecnologia sejam executados rigorosamente de acordo com o Manual de Montagem de Sistemas Drywall, publicado em parceria com a Editora PINI. Desse modo, as boas propriedades desses sistemas serão mantidas por tempo indeterminado.

CORTINAS E PERSIANAS


CORTINAS E PERSIANAS

 Para controlar a entrada de toda a luz natural e garantir a privacidade do interior,a cliente  optou por cobrir todo o lado do ambiente com cortinas. Os miolos são de voal e os xales de seda .














PROJETO DE INTERIORES

SALA DE ESTAR 



A sala de estar é um ambiente , importante.
É  a apresentação   da casa e do dono,portanto , além de uma sala bem apresentada é preciso também que ela reflita a personalidade do dono da residencia através de móveis e objetos decorativos.













































































Seguidores

Zopim